Educação em Saúde

Quais são os documentos exigidos na matrícula da faculdade?

janeiro 9, 2019
Tempo de leitura 6 min

Você passou no vestibular e está na hora de fazer a matrícula da faculdade. Trata-se de uma das melhores sensações para quem sempre quis cursar um nível universitário. Entretanto, algumas questões burocráticas podem se tornar fonte de estresse e frustração se não forem bem assimiladas. Uma delas diz respeito à documentação necessária para fazer a matrícula.

É claro que a universidade na qual você vai estudar provavelmente lançou um edital com uma listagem que inclui todos os documentos necessários para se matricular. Isso porque os papéis exigidos costumam variar de instituição para instituição e não há nenhum problema nisso.

Porém, existem certos documentos que costumam ser necessários em qualquer universidade e nem sempre é tão fácil consegui-los. Para ajudá-lo, preparamos abaixo um post especial sobre a relação de documentos necessários para a matrícula na universidade. Confira!

Quais documentos são necessários para a matrícula?

Entre os documentos exigidos de forma padrão em toda universidade, podemos citar:

  • RG, CPF e certidão de nascimento ou casamento: esse combo é necessário para qualquer procedimento. Todo cadastro, por mais simples que seja, precisa desses dados. Para a matrícula universitária, basta providenciar cópias simples;
  • Foto 3X4: por mais que pareça ter caído em desuso, ainda é uma alternativa aos sistemas digitais;
  • Reservista e título de eleitor: alunos do sexo masculino precisam apresentar o certificado de que estão em dia com as obrigações militares. Todos, independente do sexo, precisam comprovar a quitação das obrigações eleitorais;
  • Certificado de conclusão do Ensino Médio : para ingressar em uma universidade, é necessário ter concluído o Ensino Médio, e isso precisa ser comprovado. Pode ser que você precise solicitar esse documento na instituição na qual estudou. Talvez a solicitação demore um pouco para chegar devido à necessidade de registro na Secretaria Estadual da Educação;
  • Cópia do histórico escolar do Ensino Médio : além do certificado de conclusão, também é necessária uma cópia do histórico escolar, que deve ser solicitada da mesma forma;
  • Comprovante de endereço : caso você não tenha nenhum comprovante de residência em seu nome, pode utilizar algum em nome dos seus pais ou responsáveis. O documento precisa conter o CEP da residência.

Há universidades que exigem que as cópias sejam autenticadas, pelo menos no que diz respeito aos documentos de certificação e histórico. De qualquer forma, é importante providenciar todos os papéis necessários dentro do prazo estipulado para matrícula.

Hoje, algumas instituições disponibilizam um pré-contrato pelo site, que você pode baixar e já levar assinado no dia da matrícula. É importante lembrar que todas as cláusulas devem ser lidas com atenção e entendidas antes de assinar. Quaisquer dúvidas precisam ser sanadas antes de firmar o contrato.

E se houver algum problema com a matrícula da faculdade?

Já imaginou perder a chance de estudar na universidade dos seus sonhos, mesmo após passar no vestibular? Uma das possibilidades de que isso aconteça diz respeito à documentação incompleta.

Acredite, muitas pessoas já passaram por esse transtorno e, para que você não seja o próximo, é importante ter atenção redobrada na leitura do edital. Lembre-se de que cada passo deve ser seguido à risca. Para você se prevenir, citamos abaixo os principais problemas enfrentados e a melhor forma de evita-los.

Interpretação do edital

Interpretação de texto infelizmente não é o forte de muitas pessoas. Encontramos frequentemente adultos que têm dificuldades em fazê-lo e isso pode ser observado em provas para universidades e concursos públicos.

Na hora de seguir instruções, é necessário ter muita atenção ao que é exigido. Não dá para ficar de fora do próximo ano letivo por erros de interpretação do que era solicitado no edital. Na dúvida, não hesite em ligar na instituição para se informar.

Falta de algum documento

Um dos maiores problemas enfrentados na hora de fazer a matrícula na universidade é a falta de algum documento exigido. Nesse caso, existem duas situações distintas. A primeira delas é se esquecer de levar documentos do dia a dia, como RG ou CPF, que pode inviabilizar a sua matrícula.

Entretanto, a falta do certificado ou histórico escolar que ainda está em análise, deve ser compreendida. Há casos de alunos que concluíram o Ensino Médio no exterior ou em alguma instituição especial e este não é disponibilizado logo em seguida. Reconhecer documentos que ainda estejam em análise pela Secretaria Estadual da Educação é direito garantido pela Constituição (artigo 208).

Perda do prazo

No edital, é fixado um prazo específico para realização da matrícula. Caso não a faça dentro do tempo estipulado, isso implica na perda da vaga. É claro que existem algumas situações que podem servir como justificativa, como distância entre o domicílio do estudante e o local no qual é necessário comparecer ou hospitalização no período.

Caso contrário, o melhor a fazer é não brincar com a sorte. Se, porventura, o prazo for perdido, vale entrar em contato com a instituição e tentar “correr atrás do prejuízo” o mais rápido possível.

É importante providenciar a documentação com antecedência e anotar o prazo para não esquecê-lo. Dessa forma, você evita esses problemas, tão comuns em toda instituição de ensino.

A matrícula na faculdade é um passo importantíssimo rumo ao futuro dos seus sonhos. É por isso que é tão importante ter atenção a todos os procedimentos e documentos necessários para realizá-la. Não vale a pena colocar o seu futuro profissional em risco por meras distrações.

Além disso, um outro fator importante é a escolha da universidade. De nada adianta querer ingressar na instituição mais barata ou mais próxima à sua casa se ela não for sinônimo de qualidade no ensino.

Antes de escolher, pesquise e priorize escolas renomadas por sua performance de mercado. Assim, você garante não somente um diploma universitário, mas a capacitação necessária para atuar em sua área com eficiência.

Ser um bom profissional demanda dedicação, é verdade, mas você também precisa de ensino de qualidade para assimilar com maestria a parte técnica da profissão escolhida. E, para isso, não pode perder de jeito nenhum a matrícula da faculdade!

Se este post foi útil para você, no sentido de esclarecer a documentação necessária para a matrícula na universidade, assine a nossa newsletter e tenha acesso a outros similares, que certamente ajudarão você a começar a trilhar o seu caminho profissional.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário