Dicas sobre carreira

8 dicas de palestras TED para estudantes

julho 21, 2020
palestras ted
Tempo de leitura 6 min

É verdade que nem todo conhecimento que adquirimos na vida vem dos cursos ou dos livros. Sobretudo com o avanço das tecnologias, agora temos a oportunidade de consumir conteúdos de maneiras variadas. Exemplos disso são as palestras TED.

Inicialmente voltadas para tecnologia, entretenimento e design — que, inclusive, são as palavras que formam a famosa sigla —, os assuntos apresentados foram se diversificando. Hoje, já são milhares de palestras disponíveis. Os maiores beneficiados somos todos nós que temos a chance de participar virtualmente de conferências com grandes nomes.

Você já teve essa experiência? Que tal aprender um pouco mais sobre o assunto e ver quais são as nossas sugestões? Continue acompanhando o texto!

O que são palestras TED?

TED Talks são palestras que expõem ideias interessantes sobre temas variados. Uma das características definidas pela organização é que elas têm em torno de 18 minutos de duração, já que a proposta não é oferecer materiais muito longos — e sim enriquecedores, por mais que os assuntos possam render muitas horas de discussão.

Essa história começou em 1984, e o primeiro grande evento ocorreu em 1990. Desde então, as conferências têm sido um sucesso. Nomes como Bill Gates, Gordon Brown, Bill Clinton, Papa Francisco e outras personalidades já participaram do projeto.

O intuito é justamente divulgar esses vídeos na internet para disseminar os conteúdos ao mundo todo. Todos eles ficam arquivados no próprio site do TED. Também é possível encontrá-los no YouTube. Muitos deles acumulam milhões de visualizações e já foram traduzidos para várias línguas.

Quais são as melhores palestras TED para estudantes?

Como dissemos, existem palestras TED sobre os mais diversos assuntos, que atendem a vários tipos de públicos e interesses. Mas algo que elas têm em comum é nos fazer refletir sobre tópicos relevantes e contribuir para a nossa capacitação profissional. Confira a seguir a seleção que fizemos de sugestões para estudantes.

1. “Sua linguagem corporal molda quem você é” (Amy Cuddy)

A palestrante é professora da Harvard Business School e foca o seu discurso na linguagem corporal como uma forma de expressão. Muitas vezes não percebemos, mas as posições e os movimentos do nosso corpo influenciam a maneira como somos vistos pelos outros. Amy Cuddy dá dicas de como ter mais cuidado com isso para transformar o nosso posicionamento profissional.

2. “O segredo feliz para trabalhar melhor” (Shawn Achor)

Em sua apresentação, o psicólogo e pesquisador Shawn Achor fala de como melhorar o rendimento no trabalho. Ele contraria a ideia de que ser um profissional produtivo gera satisfação e felicidade. Sua proposta é exatamente a inversa: o nosso bem-estar é o que favorece um bom desempenho. Logo, cuidar da nossa felicidade é o caminho para ter melhores resultados no trabalho.

3. “As escolas acabam com a criatividade?” (Ken Robinson)

Essa está entre as palestras TED com maior número de visualizações. Ken Robinson é um especialista em criatividade e fala sobre como essa é uma habilidade pouco incentivada nos sistemas tradicionais de ensino. Por isso, a intenção dele na palestra é retomar a importância do estímulo ao desenvolvimento da criatividade para a formação de bons profissionais e de cidadãos melhores.

Powered by Rock Convert

4. “Educação com entusiasmo” (Adozinda Kuhlmann)

A gravação dessa palestra aconteceu em São Paulo, em um evento do tipo TEDx. Eles são organizados de forma independente, seguindo o estilo do TED e com o seu aval. Para quem ainda não conhece esse conteúdo, uma curiosidade sobre ele é que a palestrante, na época do evento, era uma professora com 91 anos — 73 deles na carreira de docente.

Adozinda Kuhlmann conta suas experiências em sala de aula para reforçar como o entusiasmo e a persistência são importantes no processo de ensino/aprendizagem. É realmente inspirador assistir ao seu depoimento.

5. “A surpreendente ciência da motivação” (Dan Pink)

Motivação é uma palavra-chave para o sucesso em qualquer área da vida, e Dan Pink usa os seus 18 minutos para nos convencer disso. Ele dá exemplos para comprovar a teoria de que é preciso repensar a maneira de conduzir os negócios. Sua ideia é que a motivação intrínseca seja a força desse novo sistema, envolvendo elementos como autonomia, domínio e propósito.

6. “Como ter controle sobre seu tempo livre” (Laura Vanderkam)

Aprender sobre gestão de tempo é algo cada vez mais procurado por estudantes, médicos, empresários, professores, mães ou pais de família, entre muitos outros perfis. Vivemos rotinas corridas, e a falta de administração das nossas horas é capaz de arruinar a nossa produtividade. Por isso, a autora Laura Vanderkam usa o seu tempo no TED para ajudar as pessoas a entender como é importante definir prioridades para ter uma vida equilibrada e feliz.

7. “Por que fazemos o que fazemos” (Tony Robbins)

O escritor de best-sellers e palestrante mundialmente conhecido tem um dos TEDs mais famosos. Tony Robbins aborda a força das nossas emoções como grande motivadora das nossas ações e, como consequência, dos resultados que alcançamos.

Essa palestra é especialmente importante aos que se preocupam com o futuro e desejam construir uma carreira bem-sucedida, independentemente da área escolhida. Ela oferece um novo olhar sobre as coisas para que possamos seguir em busca da nossa satisfação.

8. “Como encontrar um trabalho que você ame” (Scott Dinsmore)

A escolha profissional é uma dúvida que “martela” a cabeça de muitos jovens estudantes. Os adultos também não ficam de fora: a insatisfação com o emprego é algo mais recorrente do que imaginamos — segundo Scott, em 2012, cerca de 80% das pessoas faziam parte desse grupo.

E como resolver esse problema? O empreendedor, que faleceu durante uma escalada, três anos depois da sua palestra, reúne os pontos em comum das pessoas que amam os seus trabalhos. Vale a pena conferir quais são eles.

Enfim, essas são apenas algumas dicas de palestras TED que valem cada minuto da sua atenção. Além de assistir às nossas indicações, você pode explorar a plataforma para encontrar outros temas do seu interesse. Uma boa ideia é incluir esse hábito na sua rotina e aprender sobre um assunto diferente por dia, pelo menos. Aproveite para escutar enquanto está no trânsito, fazendo um exercício físico, esperando em uma fila ou em qualquer outra situação em que seja possível dedicar alguns minutos para abrir a sua mente!

Gostou das sugestões? Compartilhe este post nas suas redes sociais e divulgue para os seus amigos. Afinal, dica boa é dica compartilhada, não é mesmo?

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário