Dicas sobre carreira

O que é a nota do MEC e como ela é calculada?

setembro 24, 2019
nota do mec
Tempo de leitura 8 min

Se você está procurando faculdades, centros universitários ou universidades e informando-se sobre como prestar vestibular, com certeza já se deparou com uma informação: a nota do MEC. Você sabe o que é isso? Talvez seja algo que as Instituições de Ensino Superior – IES digam que existe só pelo marketing, será? Nada disso!

Essa informação é muitíssimo importante e deve ser sempre considerada entre os fatores para escolher uma IES. Antes de se inscrever em processo seletivo, uma boa ideia é conferir este post. Aqui, vamos contar tudo o que você precisa saber para analisar as instituições antes de ingressar em uma delas.

Tenha uma boa leitura!

O que é a nota do MEC?

Primeiro, entenda que a sigla MEC significa Ministério da Educação . A nota do MEC é um método importante de avaliar as Instituições de Ensino Superior (IES). A medição utilizada nesse conceito reflete a qualidade destas em uma escala de 1 a 5, em que 4 e 5 significa que foram muito bem avaliadas.

A nota 3, por sua vez, é considerada regular e, por fim, as notas 1 e 2, que não autorizam cursos, nem credenciam Instituições para funcionamento. Quanto a esses dois últimos conceitos, no caso dos atos regulatórios referentes a autorização de curso e credenciamento de IES, a Instituição é impedida de funcionar sob todos os aspectos, e no que se refere aos atos regulatórios destinados a recredenciamento de IES, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos, a Instituição é interditada por meio de processos providenciados pelo MEC, o que pode impedir os alunos de se formarem na mesma e serem transferidos para outra (s) Instituição (ões).

Tais informações se baseiam em preceitos determinados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). A determinação do INEP é comprovar a qualidade do ensino das IES medindo parâmetros em três instâncias: conceito Enade, CC e IGC por meio do e-MEC[1].

Abaixo, explicaremos cada um deles e sua importância para a nota do MEC.

Conceito Enade

Para entender o conceito Enade, você precisa saber que essa sigla significa Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. O Exame e também o questionário são aplicados a todos que estão concluindo a graduação. Tal avaliação testa conhecimentos programáticos, como habilidades adquiridas em aulas práticas e teóricas nas diversas áreas do conhecimento.

Esse exame é obrigatório e, caso o estudante não o realize, não poderá colar grau, ou seja, o recebimento do diploma, documento que comprova a conclusão do curso. Para que o referido exame aconteça, é preciso que o curso tenha pelo menos dois concluintes no mesmo período. Cada área do conhecimento é avaliada em um ciclo de três em três anos.

E assim, o conceito Enade, é um parâmetro de qualidade para avaliar os cursos de graduação e pós-graduação. A medição acontece usando as notas mais recentes obtidas pelos estudantes.

CI – CONCEITO INSTITUCIONAL

Este conceito se aplica a Instituição como um todo através de Avaliação in loco feita pelos especialistas do MEC que validam ou não o IGC – Índice Geral de Cursos. O CI também tem seus conceitos de 1 a 5. A análise destes é de responsabilidade do SINAES[2], o que permite a comparação entre as instituições, de forma geral, ou seus cursos, de forma isolada.

Para as Instituições que, além da modalidade presencial, também funcionam na modalidade a distância, também é aplicado o CI-EaD – Conceito Institucional EaD, seguindo as mesmas prerrogativas do CI.

IGC – Índice Geral de Cursos

Esse indicador de qualidade avalia a IES de forma mais ampla, após validação do CI. Anualmente, é emitida essa nota, computando os resultados de todos os cursos no ENADE, corpo docente, infraestrutura e ainda:

1.    média das últimas 3 notas de CC referentes aos cursos avaliados da instituição, considerando o número de matriculados em cada um dos cursos;

2.    média dos conceitos avaliativos das formações de pós-graduação lato sensu (especialização) e também stricto sensu (mestrado e doutorado), esta última emitida pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), após avaliação. A média é convertida de maneira compatível para considerar somente a quantidade de matriculados em cada curso;

3.    disposição de estudantes entre os vários níveis de ensino — graduação ou pós-graduação (lato e stricto sensu).

Aqui serão desconsideradas informações referentes ao item 2 ou 3, caso a IES não ofereça o respectivo grau de ensino.

O IGC é divulgado, imediatamente após a divulgação dos resultados do Enade. Por ser anual, também assume a nomenclatura de IGC Contínuo.

CC – CONCEITO DE CURSO / CPC – CONCEITO PRELIMINAR DE CURSO

O Conceito de Curso (CC) é o resultado final de qualidade dado pelo MEC aos cursos de graduação das instituições de ensino superior em território nacional. Este conceito final é feito a partir de uma avaliação presencial dos cursos pelos especialistas do MEC e pode confirmar ou modificar o CPC – Conceito Preliminar de Curso. Cursos que receberam nota 1 ou 2 no CPC terão que ser novamente avaliados in loco pelo MEC, ao contrário dos cursos com nota igual ou superior a 3.

Tratam-se de importantes medidores de qualidade para avaliar os cursos de graduação. Um dos parâmetros avaliados pelo CC ou CPC são as notas obtidas no Enade, e ainda:

●       oferta de insumos e condições — contemplando as 3 (três) dimensões, ou seja, Organização Didático-Pedagógica, Corpo Docente e Tutorial e Infraestrutura;

●       valor agregado — referente à qualidade do conjunto de todos os itens citados acima que estão disponíveis na IES.

É importante dizer que todos esses critérios são dispostos e avaliados pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes). Outro ponto que vale a pena salientar é que os cursos que não receberem a prova do Enade acabam ficando sem o CC ou CPC calculado e são listados como Sem Conceito (SC).

IDD – INDICADOR DE DIFERENÇA ENTRE OS DESEMPENHOS OBSERVADO E ESPERADO

O IDD é um indicador de qualidade que mensura o valor agregado ao curso junto ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando o desempenho no Enade e no Enem, como medida aproximada referentes às características de desenvolvimento ao ingressar no curso de graduação avaliado.

Para que um curso tenha o IDD calculado, é preciso que atenda às seguintes condições:

·        Possuir no mínimo 2 (dois) estudantes concluintes participantes do Enade com dados recuperados da base de dados do Enem no período entre o ano de ingresso no curso avaliado e os 3 (três) anos anteriores;

·        Atingir 20% (vinte por cento) do total de estudantes concluintes participantes do Enade com dados recuperados da base de dados do Enem.

Qual é a importância da nota para um curso?

nota do mec

A nota do MEC é importante para mostrar qual a qualidade dos cursos oferecidos pelas IES. Se não houvessem todos esses procedimentos, qualquer porta aberta se apresentando como Instituição de Ensino Superior poderia ofertar cursos e graduar pessoas. Todos eles, garantem que você seja o principal beneficiado nessa jornada.

A maior vantagem ao estudar em um curso bem avaliado é a colocação no mercado de trabalho. Afinal, o que diferencia, por exemplo, um profissional de Enfermagem formado pela FPM de outro? Esse diferencial só pode ser encontrado no histórico da Instituição e no currículo do curso, com todas as informações pertinentes (conceitos, etc.). Esses dados são de domínio público e sempre são divulgados no sistema e-MEC. No momento, a última avaliação é de 2016. Para encontrar as avaliações que você deseja, basta acompanhar o sistema eletrônico do MEC (e-MEC).

Um ponto importante a ser salientado é que a IES não é avaliada todos os anos, pois a prova e o questionário do Enade só são aplicados aos estudantes concluintes, ou seja, se não existe turma em período de conclusão de curso, a nota não estará disponível.

Qual é a nota da Faculdade da Polícia Militar – FPM?

Como dissemos anteriormente, essas avaliações não ocorrem todo ano, por isso é importante sempre buscar a nota mais recente das instituições em que você pretende estudar. A Faculdade da Polícia Militar – FPM, foi avaliada com nota 4 do MEC. Isso quer dizer que nós estamos em um topo de excelência no ensino de graduação em Goiás.

Nossa instituição conseguiu um feito desses por alguns motivos importantes. O primeiro deles é que somos a primeira faculdade privada no Brasil com tradição militar. Além disso, nossa metodologia de ensino se baseia na aprendizagem baseada em problemas, o que possibilita uma maior fixação de técnicas e habilidades, onde o aluno se torna o autor do processo, tendo o professor como seu mediador.

Quando você estiver procurando por cursos, não se esqueça de conferir a nota do MEC mais recente da nossa faculdade. Dessa forma, você acompanhará de perto o que é necessário para tornar seu sonho profissional em realidade. Além, claro, de garantir ótimas colocações no primeiro emprego com uma IES de referência no currículo.

Agora que você entende melhor sobre a importância da nota do MEC em uma IES, confira algumas dicas para escolher a FPM, sem receio de dar o primeiro passo!

[1] Sistema eletrônico do MEC, o qual faz o devido acompanhamento dos processos que regulam a educação superior no Brasil.

[2] Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário