Dicas sobre carreira

Descubra por que todo profissional de educação física deve conhecer o método Pilates

junho 23, 2020
método pilates
Tempo de leitura 6 min

O método Pilates é uma atividade revolucionária para a medicina preventiva e curativa, na medida em que estabeleceu movimentos precisos, condicionados e, inicialmente, utilizando o peso do próprio corpo.

Hoje em dia, seus benefícios são observados por pacientes que desejam manter equilíbrio postural e fortalecimento das musculaturas, para aqueles que estão em processo de recuperação medular e tantas outras indicações para esse método.

No entanto, a orientação correta ao doente direcionando aos propósitos desejados requer um profissional que entenda dos mecanismos osteomusculares, bem como dos diversos tipos de músculos, como é o caso do profissional de educação física.

Por isso, se quiser entender por que todo profissional de educação física. deve conhecer o método Pilates, não deixe de ler nosso post!

O que é o método Pilates e como ele surgiu?

Apesar de ter nascido em uma família de ginastas, Joseph Pilates, que mais tarde seria o idealizador do método, era fraco devido ao raquitismo, tinha diagnóstico de asma e febre reumática.

Devido a essas doenças, Pilates começou a estudar os preceitos de anatomia, biologia, fisiologia e medicina tradicional chinesa, que o fizeram se dedicar aos exercícios físicos e, posteriormente, à luta de boxe profissional. Atualmente, algumas disciplinas usadas por Pilates são contextualizados na graduação em Educação Física.

Durante a primeira guerra mundial, foi preso por ser alemão. No campo de internamento, começou a orientar os pacientes mais acamados a fazerem exercícios com o próprio corpo. Quando retornou à Alemanha, conheceu sua futura esposa e abriram uma espécie de consultório que se tornou bastante conhecido na época.

Em 1929, mudou-se para Nova Iorque, e os dois denominaram a técnica de “contrologia”, que significa controlar a mente e o corpo em prol de benefícios potenciais à saúde daqueles que se queixavam de lesões.

Em 1967, Joseph Pilates faleceu aos 83 anos, firme e forte, devido a um incêndio em seu estúdio, porém o legado desse método — assim como as técnicas de evolução da prática — estão presentes até os dias de hoje em muitas academias e centros de reabilitação no País.

Por que a Educação Física e esse método andam lado a lado?

O profissional de Educação Física se preocupa com o bem-estar , os movimentos e o fortalecimento do indivíduo para praticar atividades individuais e coletivas dentro desse contexto.

Por isso, obter o certificado do método Pilates poderá ajudá-lo na melhora da qualidade de vida das pessoas com dores crônicas e na modificação de hábitos dos sedentários que sofrem de desconfortos na coluna, entre outras situações.

Além disso, atuar com esse método, utilizando os princípios fundamentais do Pilates, possibilita segurança aos alunos durante uma sessão de Pilates.

Quais as utilidades do método Pilates?

O método Pilates é uma prática que pode ser direcionada às finalidades curativas e preventivas, facilitando o ganho muscular e realinhando algumas disfunções já tratadas com diversas metodologias. Acompanhe outros benefícios a seguir.

Melhora a qualidade de vida

Qualidade de vida é uma percepção positiva sobre o momento atual vivenciado pelo paciente. Assim, muitos estudos já comprovaram o aumento da qualidade de vida daqueles alunos que se dedicaram disciplinarmente às sessões do método.

Powered by Rock Convert

Os relatos positivos são bem abrangentes, pois mostram um aumento da vitalidade e disposição daqueles pacientes que se submetem à prática do Pilates, como também da redução dos desconfortos articulares.

 Aumenta a consciência corporal

A consciência corporal obtida com a prática disciplinada do método Pilates ajuda na percepção da dimensão do corpo e propõe uma avaliação em longo prazo dos benefícios desse fortalecimento para os músculos mais requisitados do indivíduo.

A partir dos princípios fundamentais dessa metodologia direcionados à concentração, controle, fluidez, precisão e respiração, o aluno do método Pilates terá novas percepções ao longo da evolução corporal.

 Melhora dores crônicas 

A dor crônica é uma das enfermidades com menor índice de sucesso no tratamento, devido, entre outras causas, a:

  • má adesão do paciente;
  • altos custos dos medicamentos;
  • grande potencial de causar reações adversas.

Muitos alunos, então, optam por fazer uma medida não farmacológica ou aliar a prática de Pilates aos medicamentos mais efetivos para potencializar os efeitos positivos na melhora ou controle da dor.

Auxilia no tratamento de desordens neurológicas

Algumas desordens neurológicas podem causar enrijecimento das articulações, dificuldades de equilíbrio postural ou para caminhar, além de outras características que afetam significativamente a autonomia dos indivíduos.

Diante disso, muitos médicos têm recomendado o método Pilates para amenizar essas situações ou potencializar outros músculos a fim de não recorrer àqueles que já estão comprometidos.

Por que é importante que o profissional de educação física tenha conhecimento desse método?

O método Pilates é uma das opções de oportunidades para os profissionais de Educação Física, principalmente se eles desejam trabalhar no mercado fitness ou em clínicas integradas e multidisciplinares ou outros modelos de negócio.

Outro ponto de grande destaque é que uma avaliação física mais completa do profissional de educação física, se comparada à de outros profissionais, é um serviço diferencial, conforme relato de muitos pacientes.

Além disso, devido à abrangência dessa metodologia, o público-alvo vai desde crianças menores que já desenvolveram transtornos posturais até idosos que buscam por fortalecimento muscular.

Nesse sentido, saber diagnosticar um problema, fazer intervenções por meio do Pilates e apresentar a evolução do aluno ao longo das sessões são atribuições bem específicas do profissional de educação física.

Sendo assim, após uma anamnese completa do paciente, o profissional indicará os exercícios necessários, orientará sobre quais músculos estão sendo trabalhados e acompanhará o paciente na execução. Quando requerer algo mais complexo, é fundamental que o paciente confie no profissional de educação física e entenda as consequências de exercícios mal executados.

O método Pilates é uma ferramenta importante que serve para a terapia curativa ou preventiva e pode ser realizado por pacientes de todas as faixas etárias (crianças, jovens e idosos). Além do acompanhamento constante e personalizado, os educadores físicos, quando obtêm o certificado do método Pilates, farão uma avaliação completo da paciente para garantir benefícios importantes.

E você, quer ficar por dentro de assuntos da saúde? Então, não deixe de curtir nossa página no Facebook!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário