Dicas sobre carreira

Confira 9 erros para se evitar no início de carreira

outubro 1, 2019
Tempo de leitura 5 min

Dificilmente você vai encontrar alguém que teve muitas facilidades no início de carreira, porém, isso não quer dizer que as dificuldades são impossíveis de serem superadas. É possível evitar alguns erros comuns, começando pela escolha profissional, que precisa estar de acordo com seu perfil.

Alguns desafios na escolha da profissão perpassam questões pessoais, como a facilidade com números ou o gosto pela leitura, assim como as habilidades desenvolvidas por cada um durante a vida podem demonstrar a direção da carreira ideal.

Estamos falando do início; contudo, isso não quer dizer que erros podem acontecer apenas na época do primeiro emprego, por exemplo, já que um novo começo também é a possibilidade de renovar, atualizar-se e aumentar as oportunidades diante das mudanças do mercado.

Pensando nesses aspectos, separamos alguns erros comuns no início de carreira e maneiras de evitá-los. Continue a leitura e confira!

1. Não aprender com os erros

Vamos começar por um aprendizado. Antes de apresentarmos erros que podem ser evitados, é importante ressaltar que não adianta nada buscar evitá-los sem aprender algo com eles e com deslizes comuns no início de carreira.

Em uma entrevista de emprego, por exemplo, em que você não conseguiu se sair tão bem quanto esperava, você pode buscar entender o que não deu certo e não repetir essas ações em uma nova oportunidade.

2. Não levar em conta seus interesses pessoais

O perfil pessoal acaba interferindo nas suas atitudes profissionais. Dessa maneira, toda vez que se faz uma escolha relacionada à carreira, é importante considerar os interesses pessoais. Por exemplo: quem é mais extrovertido pode buscar áreas com maior contato com outras pessoas, enquanto o indivíduo mais tímido vai procurar evitar esse tipo de profissão.

Não levar em conta seus interesses pessoais é fazer algo de que não gosta, e nem sempre há satisfação nisso, o que pode culminar em serviços mal feitos e falta de interesse pela carreira, desanimando logo no início.

3. Não investir no networking

Outro erro no início de carreira está ligado ao networking. O contato com outras pessoas interessadas nas mesmas coisas que você é essencial para manter um bom posicionamento dentro da área. Por isso, ainda na graduação, não perca chances de participar de congressos, eventos e outras situações em que você encontrará com esses profissionais para trocar figurinhas.

Quanto maior o seu networking, que deve ser focado em quem realmente vai acrescentar algo para a sua carreira, com indicações em grandes organizações e boas referências, maiores as suas chances no mercado de trabalho desde o início.

4. Aceitar qualquer emprego

A busca pelo crescimento profissional também passa por empregos menos atraentes,. Desde que envolvam atividades que sejam realmente do seu interesse, passar por eles é necessário. No início de carreira, é comum ganhar menos, começar em cargos mais baixos, porém, isso é essencial para o aprendizado.

Entretanto, você está investindo em você, fazendo uma graduação, buscando cursos extras, e aceitar qualquer emprego pode ser sinal de que você vai trabalhar em uma empresa completamente fora da sua área de interesse. Essa frase causa estranhamento até mesmo quando a estamos lendo, então, imagina só viver desse modo: não é nada animador.

5. Não ter paciência com o início de carreira

início de carreira

A paciência deve ser trabalhada para diferentes aspectos da vida, e não é diferente quando falamos da vida profissional. Sendo assim, é importante ressaltar que, no início de carreira, as coisas podem não sair como foram planejadas, porém, isso não deve ser motivo para desânimo ou desistência.

Persistir naquilo que você almeja, com paciência, é um passo para uma carreira promissora. Quase ninguém começa do alto da pirâmide,. Precisamos escalar cada pedaço, subir um degrau por vez, aprendendo e ensinando, ou seja, compartilhando conhecimentos desde o início para se ter uma continuidade eficiente.

6. Não conhecer o mercado de atuação

Muita gente busca empregos a partir de afirmações de amigos sobre determinada carreira, e nem sempre isso garante boas oportunidades. Então, procure conhecer bem o mercado em que pretende atuar, busque informações com outros profissionais, seja no início da carreira, seja aqueles que já têm sucesso dentro da área.

7. Não cuidar das suas redes sociais

As redes sociais envolvem muitas coisas pessoais que podem comprometer o profissional no início de sua carreira, por isso é importante ter cuidado com as postagens e manter o profissionalismo quando necessário. No LinkedIn, por exemplo, isso é indispensável, já que estamos falando de uma rede ligada ao mercado de trabalho, um ambiente em que as publicações devem ser exclusivamente relacionadas a interesses profissionais.

8. Ficar na zona de conforto

É comum, quando se encontra um bom emprego ou uma profissão mais monótona, as pessoas ficarem na zona de conforto. Sair dela é evitar fadiga. Para isso, procure sempre manter os estudos em dia, independentemente da sua área de atuação.

No início da carreira, principalmente, a estabilidade vem com a atualização constante do profissional. Sendo assim, cursos, certificações e, até mesmo, uma nova graduação podem acrescentar habilidades e ganho financeiro.

9. Não investir na sua formação

Juntamente com a saída da zona de conforto, vem a necessidade de investir na formação. Fazer uma faculdade no início de carreira é como dar aquele famoso “boom” profissional. Você vai conseguir evitar todos os erros acima, pois buscará áreas relacionadas aos seus interesses pessoais, criar um networking com professores e colegas, ter um bom currículo para não precisar aceitar qualquer emprego e, como vimos, abandonar o comodismo.

Contudo, escolher uma boa faculdade é essencial para que todas essas circunstâncias se deem de maneira eficaz e com qualidade. No início de carreira, uma faculdade particular qualificada é a opção para quem quer boas referências para fazer o curso que realmente está relacionado com o perfil pessoal e profissional.

O que achou das nossas dicas? Quer mostrar para os seus amigos como eles também podem evitar esses erros no início de carreira? Compartilhe este post com eles nas suas redes sociais!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário