Educação em Saúde

Gerontologia: por que se especializar nesse ramo?

abril 13, 2021

A gerontologia é uma especialidade da área da saúde que tem despertado muito interesse por parte dos estudantes em virtude da grande demanda e, consequentemente, do retorno financeiro.

Por isso, é interessante conhecer as principais características da gerontologia, as linhas de atuação e quais são os procedimentos para oferecer um atendimento personalizado ao paciente.

Ficou curioso sobre o tema? Então, não deixe de ler o restante do conteúdo sobre gerontologia e fique por dentro!

Afinal, o que é gerontologia?

A gerontologia é o estudo do envelhecimento e os impactos desse processo. A partir de diversos estudos científicos publicados sobre o tema e das experiências adquiridas ao longo do tempo, o profissional da área avaliará as melhores condutas para aplicação.

Sabe-se que o Brasil é um dos países com maior número de idosos, e o envelhecimento pode trazer diversas complicações clínicas ou piorar as já existentes, a menos que o indivíduo consiga um acompanhamento terapêutico personalizado.

Enquanto isso, existem pacientes que chegam nessa fase da vida de forma saudável, necessitando apenas de suplementação vitamínica, reposição hormonal ou readequação dos exercícios físicos.

Portanto, a gerontologia possui uma ampla gama de análise do processo de envelhecimento, tanto no aspecto fisiológico, quanto no contexto farmacológico, patológico, psicológico e socioeconômico.

Quais são as áreas de atuação da gerontologia?

Analisar as diversas variáveis que interferem na velhice, é uma tarefa desafiadora, porém, gratificante. No entanto, o profissional de saúde que se especializar em gerontologia poderá atuar em diversos segmentos.

Considerando os três níveis de atenção à saúde, pode-se concluir que os especialistas em gerontologia podem atuar em todas elas e contribuir para o aumento da qualidade de vida dos pacientes.

Em postos de saúde, os especialistas são responsáveis por identificar variáveis que interferem na condição física do idoso, por meio da avaliação do esquema terapêutico, probabilidade de desenvolver outras doenças ou análise da estrutura muscular óssea.

No nível ambulatorial, esses profissionais avaliam o estado de saúde desse indivíduo, uma vez que já existem diagnósticos de doenças e quais condutas devem ser executadas para evitar complicações e hospitalizações.

No ambiente hospitalar, a atuação se refere à reabilitação da vida em sociedade, no acompanhamento da evolução clínica, na readaptação do paciente após o desenvolvimento de sequelas, entre outras atividades.

Qual é a expectativa no mercado de trabalho?

Tendo em vista que a longevidade do brasileiro é um fato comprovado, porém, não se reflete em qualidade de vida, existe um grande campo a ser explorado para tornar o envelhecimento um processo menos traumático.

Nesse sentido, a demanda por profissionais de saúde com conhecimento em gerontologia é uma necessidade nos dias de hoje, aumentando, significativamente, as chances no mercado de trabalho.

Todavia, para se tornar um futuro profissional da gerontologia, é fundamental buscar por um curso de pós-graduação na área, fazer estágios curriculares e extracurriculares e estar atento aos estudos nesse campo de atuação.

A gerontologia é uma especialidade relacionada aos cuidados clínicos, para garantir o envelhecimento com qualidade de vida. Com abordagem preventiva e corretiva, os profissionais de saúde que optarem por essa especialização e tiverem comprometimento, responsabilidade e muita bagagem teórica, podem atuar em diversos segmentos, que são igualmente demandados pela sociedade.

E você, ficou interessado? Então, entre em contato conosco e saiba mais!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.