Outros

Qual o futuro da educação no contexto pós-pandemia?

outubro 13, 2021

Todos fomos pegos de surpresa pela pandemia de Covid-19. De uma hora para a outra, todo o mundo parou e começou a passar por momentos difíceis, tanto em relação à doença e às perdas de milhares de vidas quanto à adaptação em inúmeros setores, incluindo a educação.

Ainda temos um longo caminho a percorrer, mas a vacinação já permitiu que algumas escolas e instituições de ensino superior voltassem a funcionar. E agora? O que esperar do futuro da educação? Quais foram os impactos da pandemia no ensino?

Essa dúvida será respondida ao longo das próximas linhas. Por isso, continue a leitura e saiba o que esperar da educação nos próximos anos. Vamos lá?

Quais foram as principais mudanças na educação com a pandemia?

Com o aumento dos casos de Covid-19, a educação se viu frente a um impasse: continuar as aulas e expor professores, funcionários e alunos ao risco de contágio ou iniciar um regime de aulas remotas?

Evidentemente, a última alternativa foi a escolhida. No entanto, por ser um processo emergencial e sem planejamento, acarretou muitos problemas e dificuldades ao longo do caminho.

No segundo ano de pandemia, a situação se tornou um pouco mais estável, e tanto os professores, quanto os alunos e as instituições passaram a trabalhar com mais segurança e planejamento. No entanto, por mais de um ano, a educação foi remota em boa parte do país.

O que aprendemos nesse período?

Algumas lições desse período, para o futuro da educação, mostram que:

  • é preciso ter um planejamento voltado para situações atípicas;
  • o uso da tecnologia no ensino deve ser algo constante, a fim de evitar estranhamento em situações fora do comum;
  • a tecnologia é benéfica e pode ser utilizada para promover ótimos resultados, mesmo nos cursos presenciais;
  • é fundamental trabalhar o letramento digital dos alunos, ou seja, o seu contato com as plataformas digitais;
  • educadores também precisam estar atentos às tendências tecnológicas;
  • a educação envolve, também, empatia e respeito às diversidades, inclusive no que se refere ao acesso à internet e dispositivos digitais;
  • o ensino remoto pode funcionar, desde que seja bem planejado. Ele traz, inclusive, muitos benefícios, como o aumento da flexibilidade, da autonomia e do autoconhecimento dos estudantes.

O que podemos esperar do futuro da educação pós-pandemia?

Agora, vamos conferir algumas possíveis tendências para o futuro da educação. Veja!

Uso da tecnologia

Ao que tudo indica, o uso da tecnologia se tornará uma constante na educação nos próximos anos, mesmo em cursos que trabalhem exclusivamente o conteúdo presencialmente.

Educação voltada ao digital

A educação também trará um foco maior no âmbito digital, preparando os estudantes, desde cedo, a lidar com os conceitos tecnológicos.

Valorização do EAD

A educação a distância se fortificou ao longo da pandemia, mostrando que veio para ficar e que é uma alternativa viável para um ensino de qualidade.

Desenvolvimento de soft skills

Soft skills são competências socioemocionais, como a empatia, a habilidade de trabalhar em equipe e muito mais. São cada vez mais relevantes para os empregadores, e desenvolvê-las também faz parte do ensino.

Como podemos ver, o futuro da educação reserva muitas novidades. Com a pandemia, descobrimos que precisamos estar sempre atentos às tendências e constantemente trabalhando a capacidade de adaptação. Assim, estaremos prontos para enfrentar qualquer obstáculo que surgir pelo caminho.

Para continuar por dentro das novidades da educação e não perder nenhuma informação, siga a FPM nas redes sociais! Você pode nos encontrar no Facebook, no Instagram, no Twitter e no LinkedIn. Aguardamos a sua visita!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.