Dicas sobre carreira

Feira de profissões: o que é e por que participar?

janeiro 20, 2019
Tempo de leitura 6 min

Entre as muitas indagações que rondam o universo dos jovens, a escolha da profissão geralmente causa indecisões e até mesmo problemas emocionais. Diante de inúmeras opções, nem sempre pesquisas respondem a todas as dúvidas dos vestibulandos. Por isso, a feira de profissões é um excelente meio que auxilia na escolha.

Nos eventos, geralmente promovidos pelas universidades, os jovens podem ver como é o dia a dia das profissões, tirando dúvidas e ainda participando de uma simulação. Dessa maneira, as chances de acertar aumentam consideravelmente, evitando a temida perda de tempo ou a infelicidade de fazer o que não gosta.

Para você não deixar de participar de uma feira de profissões, vamos mostrar neste post o que são esses eventos, os motivos de serem organizados e como ajudam os jovens antes de entrarem no mercado de trabalho. Quer bons motivos para agendar a sua participação em uma feira ainda este ano? Então não pare de ler!

O que é a feira de profissões?

A feira de profissões é um espaço disponibilizado pelas universidades para ajudar os vestibulandos a escolher corretamente a profissão de acordo com a personalidade de cada um. Apesar de existirem as disciplinas que já demonstram certas características dos alunos para determinadas áreas, nada melhor do que a prática para uma decisão certeira.

Assim, profissionais atuantes na região da faculdade ou estudantes universitários e de pós-graduação são convidados para demonstrarem, na teoria e na prática, como funciona não só a rotina mas também a formação no ensino superior.

Dessa maneira, os jovens ficam estimulados a seguir carreira em determinada profissão que os motivem por meio da observação e experimentação proporcionadas pela feira de profissões.

Em um amplo espaço, estandes se transformam em verdadeiros ambientes do dia a dia dos profissionais. Um enfermeiro faz um atendimento emergencial dos presentes, educadores físicos animam a turma para um alongamento, um consultor em segurança pública elabora um plano de ação para reduzir a criminalidade, enfim, cada profissional mostra o que os jovens sentirão futuramente no mercado.

Quais são os objetivos do evento?

O que parece diversão, na verdade é um divisor de águas para os estudantes. Ao longo de uma feira de profissões, muitas dúvidas podem ser sanadas, eliminando monstros imaginários que interferem no futuro de um vestibulando.

Afinal, tem gente que pensa que não vai fazer engenharia porque tem muitos cálculos ao longo do curso, sem ao menos levar adiante a concretização do sonho. Ao conversar com um profissional, várias dicas serão destinadas para que o jovem vença essas limitações. O importante é sempre focar em algo que dê prazer e motivação para o dia a dia!

Além disso, o evento é um momento de interação com diversos profissionais, saindo da limitação das sinopses elaboradoras por guias ou sites sobre os inúmeros cursos, ou seja, muita gente pode mudar os rumos da vida para melhor após verificar qual alternativa é a ideal.

Fazer testes vocacionais e se informar sobre as profissões é válido, mas nada substitui a experiência de sentir na pele a profissão, inclusive tendo a oportunidade de realizar alguma atividade real, como um socorro para quem sofreu um ataque súbito, por exemplo, em uma simulação coordenada por profissionais ou universitários do curso de enfermagem.

Dessa forma, o objetivo de uma feira de profissões é revelar como as atividades acontecem no dia a dia, suas principais características, desafios, realidade do mercado de trabalho, possibilidades de ascensões, empregabilidade, fazendo com que o jovem não fique mais na dúvida sobre que carreira seguir.

Quais benefícios a feira de profissões destina aos participantes?

Quem participa de uma feira de profissões ganha novas informações sobre a realidade do curso e também do mercado de trabalho, esclarecendo dúvidas e ainda desmistificando muitas situações que antes eram um empecilho na escolha.

Assim, o índice de estudantes que começam um curso superior e desistem no meio do caminho cai consideravelmente pelo fato de não haver surpresas por conta da influência do evento. Portanto, a feira de profissões tem um papel fundamental no processo de decisão, sendo muito útil para evitar frustrações e até mesmo casos de problemas emocionais.

Como aproveitar o evento integralmente?

Contudo, para você se sair bem-sucedido após a participação em uma feira de profissões, algumas dicas devem ser seguidas. A primeira é levar a sério todos os estandes e ter disciplina ao longo do dia.

Observe como são as profissões com um olhar crítico, sempre se colocando no lugar do profissional. Veja se as atividades condizem com o seu jeito de ser, se a grade curricular é atrativa ou se você teria certas complicações na rotina de trabalho por conta de determinadas exigências da profissão.

Por exemplo, quem tem medo de sangue dificilmente conseguiria atuar como enfermeiro. Um jovem que não gosta de esportes poderia ser um educador físico de sucesso? Existem indicações que estão na personalidade de cada um. Por isso, observe com muita atenção cada explicação e traga as informações para a sua realidade.

Outra orientação é sempre fazer perguntas que esclareçam determinadas dúvidas, tais como:

  • Como funciona a faculdade?
  • O vestibular tem uma média de quantos candidatos por vaga?
  • Quais disciplinas caem na prova?
  • Como é a grade curricular ao longo do curso?
  • Qual é a duração média?
  • Existem atividades extracurriculares, como estágios e oportunidades de ações voluntárias?

Dessa forma, você terá todas as respostas para fazer a melhor escolha diante de tantas opções, evitando problemas que geralmente atingem os jovens nessa faixa etária. Portanto, evite a timidez e explore todos os momentos do evento. Participe dos debates, leia os panfletos, questione, peça dicas, enfim, deixe o medo na mochila e encare a feira como uma grande oportunidade para você se destacar no mercado de trabalho.

Diante da acirrada concorrência, nada melhor do que fazer uma escolha certeira logo no primeiro vestibular, evitando as perdas de tempo de idas e vindas em vários cursos superiores — fato que ainda gera prejuízos financeiros, psicológicos até mesmo físicos.

Assim, quando pintar a oportunidade para você participar de uma feira de profissões, marque presença e aproveite ao máximo o momento, tendo a certeza de que o seu tempo não foi gasto em vão.

E aí, gostou do nosso post? Quer acompanhar as nossas novidades? Então curta agora mesmo a nossa página no Facebook

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário