Dicas sobre carreira

Profissional de Educação Física: por que é tão importante para a escola e saúde?

setembro 19, 2019
educador físico
Tempo de leitura 6 min

O profissional de educação física promove a saúde das pessoas por meio da prática de atividades físicas, mas suas funções vão além disso. Esse profissional também é responsável por coordenar, planejar e supervisionar programas esportivos e recreativos que visam ao desenvolvimento social dos indivíduos.

No âmbito escolar, a Educação Física busca despertar o interesse e envolver os alunos em exercícios e atividades corporais, desenvolvendo convivência harmoniosa e construtiva com outros cidadãos. Assim, eles se tornam capazes de identificar e respeitar o próprio desempenho e características físicas, além da individualidade dos colegas, sem segregar nem depreciar outras pessoas por peculiaridades e qualidades como aspectos sociais, físicos ou sexuais.

Nos momentos de jogos esportivos e recreação, cabe ao profissional de educação física estimular os alunos a terem atitudes de solidariedade, respeito mútuo e dignidade com o próximo, bem como valorizar, conhecer e aceitar a expressão de outros grupos, ampliando o convívio entre pessoas de diferentes círculos sociais.

Continue a leitura e saiba mais sobre a importância do esporte e do profissional de educação física na sociedade!

O que faz o profissional de educação física?

De forma geral, o trabalho do profissional de Educação Física consiste em orientar e acompanhar as pessoas durante a prática de exercícios físicos ou esportes. Seu público é muito variado, desde crianças em idade escolar, pessoas com deficiência física, pacientes que buscam recuperar movimentos a idosos que precisam de cuidados específicos.

Para isso, o profissional de educação física deve conhecer e compreender o funcionamento do corpo humano para elaborar as atividades de forma adequada. Confira algumas áreas em que o bacharel pode atuar.

Condicionamento físico

O personal trainer é responsável por avaliar e orientar a realização de exercícios em clubes esportivos, academias, praças, empresas, parques, indústrias ou residências. O profissional define atividades específicas, de acordo com o perfil e o objetivo de cada aluno ou grupo.

Reabilitação

Na reabilitação, a função do profissional de educação física é ajudar na recuperação de pacientes que tenham feito cirurgia recentemente ou estão com algum tipo de lesão. Também cabe a esse profissional auxiliar na prevenção de doenças e outros problemas físicos, além de melhorar a condição física dos indivíduos. É possível atuar em clínicas de reabilitação e hospitais.

Performance

Nesse caso, o profissional de educação física trabalha com foco na elaboração de atividades físicas para uma pessoa ou grupo que tem o objetivo de alcançar a alta performance em competições esportivas.

Esportes

educador físico

Além da prática de modalidades esportivas tradicionais, como dança, luta, ciclismo, corrida, entre outras, o profissional de educação física pode se especializar em novas atividades, como o CrossFit — baseado no treinamento militar. O objetivo dessa área é desenvolver atletas e trabalhar funções como flexibilidade, respiração, equilíbrio, força, velocidade, entre outros aspectos.

Por que o esporte é um meio de formação de cidadania?

A prática de esporte envolve participação. Isso implica cidadania e inclusão, na medida em que une pessoas e comunidades, reforçando os aspectos comuns e servindo de ligação entre diferentes culturas.

O esporte também ajuda a ensinar conceitos importantes, como a história e as técnicas de modalidades variadas, além do valor do trabalho em equipe. Nesse cenário, o profissional de educação física garante as condições para que todos os alunos tenham acesso a esse conhecimento e às habilidades de conviver em jogos coletivos e solucionar problemas progressivamente mais complexos.

Dessa forma, o esporte tem uma grande capacidade de socializar pessoas das mais diferentes religiões, classes, gêneros, entre muitas outras diferenças presentes na sociedade. Por meio de jogos como futebol, vôlei e basquete, os indivíduos se relacionam, criam vínculos e fortalecem amizades, mesmo que nunca tenham se visto.

A importância da prática esportiva vai além dos benefícios na saúde física e se reflete na formação da cidadania. Não importa se for uma brincadeira, uma competição ou parte da aula de Educação Física, a convivência com os demais está diretamente ligada aos jogos. Mesmo quando o esporte é individual, o jogador se relaciona e compete com outras pessoas, dividindo tristezas e alegrias.

Como o profissional de educação física contribui no âmbito escolar?

O papel do profissional de educação física nas escolas não se restringe às práticas que promovem a saúde. Esse profissional é responsável por ampliar a responsabilidade da educação para as habilidades sociais e psicológicas, priorizando a afetividade, o equilíbrio e a boa convivência dos alunos na escola e na sociedade.

Dentro do ambiente escolar, o profissional é capacitado a interagir com todos os níveis de ensino, desde a Educação Infantil até o Ensino Superior. Nesse caso, o educador físico faz o planejamento, a avaliação e a implementação de programas da matriz curricular de Educação Física.

Muitas vezes, ele é responsável por ser a referência esportiva de crianças e adolescentes. Isso significa que o educador é aquela pessoa que vai ajudar o jovem a descobrir uma atividade física do seu interesse, capaz de contribuir com:

  • socialização;
  • autoestima;
  • compensação de distúrbios funcionais;
  • relação social;
  • integração dos indivíduos.

Além disso, o professor tem a função de ensinar o que é certo e errado na área esportiva. Por isso, é sua responsabilidade despertar nos alunos a consciência de ter hábitos saudáveis e cuidar da própria saúde.

Na escola, as crianças têm a oportunidade de socializar com as outras por meio de jogos, recreação e brincadeiras dirigidas. Por isso, o profissional de educação física tem a oportunidade de contribuir para que os jovens desenvolvam habilidades motoras e autoconfiança, à medida que interagem com o grupo.

As aulas de Educação Física também são um caminho para a formação social e de princípios das crianças e adolescentes. É importante que o professor tenha autonomia para despertar e administrar esses valores nos alunos, transformando o meio em que eles vivem.

É nessas aulas que muitas vezes lidamos com o diferente e estamos diante das limitações físicas e psíquicas nossas e dos colegas. Por isso, o docente deve provocar essa percepção nos alunos, para que eles levem para a vida a sabedoria de respeitar e conviver com a diversidade que faz parte da sociedade.

O papel do profissional de educação física vai além do desenvolvimento de práticas que visam a promoção, prevenção, proteção e reabilitação da saúde. Sua função também é aprimorar habilidades sociais e psicológicas dos alunos, de forma a promover a cidadania e o respeito na escola e na sociedade.

Gostou de saber mais sobre a profissão? Então, assine a nossa newsletter e receba outras informações relevantes no seu e-mail!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário