Outros, Sem categoria

Educação militar: como essa metodologia de ensino é referência em disciplina?

abril 30, 2019
educação militar
Tempo de leitura 6 min

Quando o assunto é a educação (seja dos filhos ou de nós mesmos em idade universitária), é fato que sempre buscamos o melhor. É a partir desse pensamento que muitos recorrem a colégios e faculdades que oferecem educação militar. Normalmente, tais instituições apresentam bons resultados nas avaliações de desempenho se comparadas a escolas convencionais e é isso que leva as pessoas a preferi-las.

As escolas militares existem em menor número que as habituais. Entretanto, a seriedade e a disciplina com a qual tratam a questão da educação é o que chama a atenção na hora de fazer a escolha. Enquanto alguns “torcem o nariz” diante da discussão de cantar o hino nacional nas escolas, outros buscam um estabelecimento de ensino que ofereça exatamente isso: uma formação baseada em princípios de ordem e patriotismo.

Se você deseja entender melhor como funciona a educação militar, continue lendo. Preparamos um post especial sobre o assunto!

Afinal, o que são escolas militares?

Colégios militares são aqueles que buscam trazer a conduta de comportamento militar para seus alunos. Meninos sem brincos ou cabelo comprido, meninas de cabelo preso e crianças e jovens em fila cantando o hino nacional são cenas comuns em instituições que seguem esse modelo. Segundo a filosofia de tais instituições, a disciplina é a palavra de ordem para formar cidadãos realmente preparados para um futuro brilhante.

O padrão de ensino segue o mesmo rigor, o que faz com que os alunos também sejam melhor preparados para o mercado de trabalho. Para ingressar em um desses colégios, é necessário que o aluno seja filho de militares ou participe de um processo seletivo, já que a concorrência por uma vaga pode ser alta.

O que diferencia um colégio militar de um colégio comum?

Muitos pais se preocupam com o futuro de seus filhos diante dos rumos que a nossa sociedade vem tomando. Drogas e comportamentos libertinos rondam as crianças e jovens a todo instante e, especialmente quando se vive em uma região onde a vulnerabilidade é maior, garantir que não sejam contaminados por tais fatores é um desafio diário para a família e os educadores.

Em escolas comuns, muitas vezes, esses verdadeiros vilões da educação convivem lado a lado com os alunos, o que não ocorre em uma escola militar. A padronização, que começa pelo uniforme, ensina os estudantes a importância de obedecer às regras desde cedo. As consequências dos deslizes no cumprimento de tais normas costumam ser sérias, o que leva o aluno a, de fato, cumpri-las.

Quais as vantagens de estudar em uma escola militar?

 educação militar

Como se pode ver, estudar em um colégio militar é um caminho certeiro para uma educação de qualidade. Se você ainda tem dúvidas quanto a estudar em uma dessas instituições, acompanhe abaixo nossa lista de vantagens que elas podem oferecer.

Disciplina

Embora alguns pais e até mesmo especialistas em ensino critiquem disciplinas mais rígidas, podemos dizer que esse modelo é o caminho para a formação de cidadãos de bem. Além do fardamento e da necessidade de manter cabelos alinhados e nada de piercings ou tatuagens à mostra, a educação também é diferenciada.

Um aluno que é suspenso por indisciplina, por exemplo, em escolas comuns, fica em casa, sem fazer nada, ou pior, na rua. Na escola militar, a suspensão é cumprida em outra sala da própria instituição, onde o aluno permanece estudando e refletindo sobre o que fez. O uso de celular em sala de aula também é restrito, para evitar distrações. Se você tem dúvidas quanto aos resultados do modelo, analise as pessoas de sucesso que você conhece: certamente, elas têm algo em comum — a disciplina.

Contraturno forte

Um grande diferencial das escolas militares também é o leque de opções de atividades que elas oferecem aos alunos. Eles têm a possibilidade de participar de atividades de esporte, lazer e cultura, fazer aulas de reforço e deixar fluir o seu talento para a arte, pela participação em oficinas relacionadas ao tema.

Essa disponibilidade de atividades, o tempo todo, busca levar o aluno a enxergar a escola como um ambiente que lhe proporciona crescimento e oportunidade de fazer o que gosta. Dessa forma, as crianças e jovens são atraídas a passar mais tempo em contato com as normas de educação adotadas pela instituição. Aliás, quem estudou em uma escola militar certamente optará por uma instituição de ensino superior que segue os mesmos modelos.

Preparo dos docentes

Se a disciplina exigida para o aluno acontece nesses níveis, é preciso contar com professores preparados para reproduzi-la. O processo seletivo para contratação visa buscar profissionais aderentes a filosofia militar e, embora isso não seja regra, a maioria dos professores têm especialização, mestrado, doutorado e formação em outras áreas.

Além disso, o professor precisa acreditar no modelo de educação que propaga e dominar perfeitamente o conteúdo que leciona. Colégios militares também são rígidos em relação aos seus profissionais, o que significa que, diante da percepção de alguma inadequação, o afastamento pode acontecer. Tudo isso para garantir a qualidade do ensino que é oferecida.

Boa estrutura física

Se a escola militar oferece tantas atividades extracurriculares, é preciso contar com uma estrutura adequada para isso. Tal pensamento é o que leva essas escolas a se instalar em prédios amplos e bem equipados. Laboratórios, piscinas e salas de aula diferenciadas e informatizadas costumam ser características comuns a essas instituições.

A disciplina das atividades também engloba a valorização da limpeza e a conservação dos espaços da escola: muitas vezes, os próprios alunos são responsáveis por manter o ambiente de estudo limpo e os materiais e equipamentos de uso comum organizados. Além de ajudar na conscientização, essa conduta leva a um ambiente agradável para eles próprios.

Dedicação dobrada aos estudos

Na escola militar, não existe matéria “menos importante”. Arte e filosofia têm o mesmo peso e reprovam da mesma forma que matemática e português. E isso também acontece na faculdade — esse aspecto leva o aluno à necessidade de dedicar mais tempo aos estudos, já que não será possível hierarquizar ou classificar as matérias em um grupo das que é necessário estudar mais e outro das que não o é.

A participação da família se torna também importante, no sentido de orientar o aluno a dedicar-se, não só para ser aprovado, mas para aprender, de fato, conteúdos que certamente farão a diferença em sua vida profissional futura. Ou seja, a disciplina também está presente no modelo de estudos.

Como se pode ver, a educação militar acontece em algumas escolas e até mesmo em instituições de ensino superior, com o objetivo de formar mais que profissionais, mas cidadãos realmente preparados para mudar a nossa sociedade.

Se você também busca um ensino de qualidade, entre em contato conosco e conheça nossa faculdade!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário