Dicas sobre carreira

Por que investir em cursos de extensão na área da saúde?

novembro 10, 2021

Você já se sentiu despreparado para atuar no mercado de trabalho, mesmo que consiga ingressar no ensino superior? O pensamento é comum, já que os níveis de exigência só aumentam. Felizmente, existem maneiras de combater isso. Realizar um curso de extensão na área da saúde é uma delas.

Isso porque se o seu interesse for a área da saúde, saiba que ela — assim como muitas outras — exige atualizações constantes. Dessa forma, o curso de extensão conta com atividades práticas, culturais e acadêmicas, que garantem isso. 

Desse modo, a sensação de despreparo fica em segundo plano e a autoconfiança se eleva para buscar melhores oportunidades de emprego. Assim, quer entender mais sobre cursos de extensão? Então, continue a leitura!

O que é um curso de extensão universitária?

É um curso de curta duração e opcional, que complementa o currículo obrigatório da graduação, e qualifica em uma determinada área ou carreira escolhida.

No entanto, lembra quando reforçamos a alta concorrência do mercado de trabalho atualmente? Diante desse contexto, realizar um curso de extensão universitária é extremamente recomendável.

Por que fazer um curso de extensão na área da saúde?

Existem algumas vantagens em realizar um curso de extensão, que são:

  • o aproveitamento das horas em atividades complementares, que é componente curricular obrigatório na graduação;
  • tem curta duração (horas ou semanas);
  • Certificado, que comprova a participação com a carga horária total.

Assim, o curso de extensão permite um estudo mais aprofundado a respeito de temáticas de interesse particular. Normalmente, cada um deles é voltado para assuntos específicos, como por exemplo, Técnicas de Administração de Fármacos Injetáveis, entre outros. E ainda, a abordagem utilizada pode ser cultural, acadêmica ou técnica.

Sejam quais forem as opções disponíveis e a sua escolha, optar por um curso de extensão ajuda na sua bagagem profissional.

Além disso, também é uma maneira de entender quais áreas você tem mais interesse, quais não trabalharia, etc. Até mesmo os seus pontos fortes e fracos é possível identificar. No mercado de trabalho, quanto mais autoconhecimento alguém possui, melhor.

Qual a diferença entre curso de extensão universitária e curso livre?

Aposto que essa dúvida passou pela sua cabeça ao longo da leitura. Então, saiba que existem grandes diferenças. No primeiro caso, os cursos são oferecidos apenas por Instituições de Ensino Superior, credenciadas pelo MEC, são regidos por legislação específica, e servem como diferencial em algum processo seletivo.

Por outro lado, os cursos livres são ofertados por instituições de treinamentos que não possuem vinculação ao MEC e não são regidos por legislação específica. Assim, por melhor que seja a proposta do curso e que eles ofereçam certificados de conclusão, por não terem vínculo com o MEC, existe a possibilidade de limitar as suas oportunidades. 

Com tantas vantagens de realizar um curso de extensão na área da saúde, não pense duas vezes. Quando iniciar a sua graduação, invista nessa oportunidade e aumente o seu conhecimento na carreira profissional.

Quer aproveitar a visita para aprender mais? Confira nosso post com 4 tendências de profissões na área da saúde!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.