Educação em Saúde

Conheça os 6 desafios na vida de um universitário

fevereiro 18, 2019
Tempo de leitura 6 min

Depois de muito estudo para o vestibular, da escolha do curso e da tão sonhada aprovação na faculdade, chega o momento de iniciar as aulas. Essa tarefa não é simples, pois a vida de universitário traz grandes mudanças na rotina dos estudantes. Por isso, é importante estar preparado para os desafios, a fim de evitar transtornos no futuro.

Alguns pontos acometem tanto os universitários veteranos quanto aqueles que iniciaram recentemente a vida acadêmica, como é o caso do estresse de fim de semestre. Nesse aspecto, é possível preveni-lo com organização e planejamento, o que evita a sobrecarga, facilita a aprendizagem e favorece a saúde mental.

Pensando nisso, preparamos este artigo para abordar os desafios da vida de universitário e dar dicas para você superá-los. Boa leitura!

1. Conciliar trabalho e estudo

Muitos universitários precisam trabalhar e estudar durante toda a graduação. Essa não é uma tarefa fácil, mas com dedicação e planejamento é possível superar esse grande desafio e manter um bom rendimento acadêmico.

Primeiro, é necessário adaptar o seu dia a dia para não chegar à faculdade atrasado e perder parte do conteúdo, além de correr o risco de levar falta. Essa situação causa divergência entre você e o resto da turma, prejudicando sua motivação e seu desempenho.

Por isso, é importante organizar sua rotina de forma a tornar viável a conciliação de atividades. Procure ajustar seus horários e estude sempre que possível. Você pode aproveitar o intervalo do almoço ou o momento que está no transporte, por exemplo, para revisar o conteúdo do dia.

Se houver algum conflito de horários que esteja prejudicando a sua vida de universitário, tente negociar com o seu chefe uma compensação. Avalie a possibilidade de entrar um pouco antes e terminar a sua jornada mais cedo. Assim, você consegue chegar à aula com mais tranquilidade.

Aqui também vale a dica de tentar dormir cedo e descansar o suficiente. Sem isso, você pode perder a produtividade tanto no trabalho quanto na faculdade. Além disso, será mais difícil se concentrar nas aulas.

2. Conseguir financiamento estudantil

Quem vai cursar uma faculdade particular e não conseguiu uma bolsa de estudos, precisa inserir a mensalidade do curso no orçamento. Porém, isso não deve ser visto apenas como uma conta a ser paga todos os meses — é importante lembrar que esse é um dos investimentos mais importantes que você pode fazer.

Uma boa opção é tentar um financiamento estudantil. Nesse caso, existe o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), um programa do Governo Federal que proporciona o subsídio da graduação a juros baixos, e o débito só começa a ser pago após a conclusão do curso. No entanto, existem alguns requisitos para conseguir financiar a faculdade por este caminho, como pontuação mínima no Enem e limite de renda.

Outra possibilidade são os créditos privados fornecidos para estudantes. As exigências para participar dos programas são menores, apesar das condições de pagamento não serem tão facilitadas. É possível encontrar esse tipo de auxílio em bancos ou empresas de crédito estudantil.

3. Obter o melhor da graduação

O primeiro passo para apreender bem o conteúdo das aulas é a frequência regular. Ausências constantes podem deixar você desmotivado, deslocado e até resultar em reprovação.

Por isso, para aproveitar ao máximo o que a faculdade tem a oferecer, é necessário ser participativo e engajado. Mesmo que esteja cansado, esforce-se para manter a atenção e a concentração durante as aulas. Anote todas as informações que achar relevantes e revise o conteúdo após as aulas.

Não deixe nenhuma dúvida para trás — lembre-se de que o professor está lá para solucionar qualquer problema. Outra dica é acompanhar a bibliografia complementar. Em geral, ela é sugerida no primeiro dia de aula de cada disciplina. Além disso, manter-se informado de maneira geral também ajuda a melhorar o aproveitamento acadêmico.

4. Fazer networking

Iniciar o seu networking ainda na faculdade é fundamental para o sucesso na carreira. Afinal, ele é a sua rede de contatos profissionais e isso vai ser muito útil em diversas etapas da vida. Com essas relações, diversas oportunidades de trabalho podem aparecer, tanto durante a graduação quanto depois da conclusão do curso.

Por isso, supere a timidez, demonstre interesse e bom desempenho nas aulas, sustente os seus relacionamentos interpessoais, participe de eventos acadêmicos, entre outras ações. Isso contribui para que seu nome seja lembrado quando seus professores e colegas precisarem fazer uma indicação profissional.

5. Conseguir um estágio

Relacionar o conhecimento teórico obtido na sala de aula com a prática da profissão é fundamental no ambiente acadêmico. Nesse sentido, conseguir um estágio é um desafio, mas apresenta muitas vantagens na vida de universitário. Com essa atividade, é possível:

  • desenvolver e criar habilidades e competências;
  • conhecer como funciona a carreira, na prática;
  • obter vantagem competitiva no currículo.

Para isso, procure se capacitar profissionalmente e participe de todos os processos seletivos que você puder. Assim, você ganha experiência e aumenta as chances de conseguir uma oportunidade no mercado de trabalho.

6. Manter a vida social

Manter o convívio familiar, sair com os amigos e, ao mesmo tempo, cumprir as obrigações acadêmicas costuma causar situações estressantes no dia a dia. Para alguns estudantes, essa fase também gera longas fases de isolamento.

Estudar deve ser a prioridade, é claro. No entanto, o convívio social ainda é fundamental para a saúde mental e não deve ser abandonado. Por isso, a saída é se organizar a fim de conseguir destinar parte do seu tempo para encontrar as pessoas que são especiais no seu círculo.

Procure dar maior atenção à sua vida social nas épocas em que as provas e entregas de trabalhos ainda estiverem distantes. Quando essas obrigações se aproximarem, volte o foco para os estudos. Dessa forma, nenhuma atividade é prejudicada e todas ficam equilibradas — e você se acostuma a direcionar suas obrigações e necessidades com sabedoria.

A vida de universitário tem muitos desafios, mas é possível se planejar para aproveitar melhor o tempo e as oportunidades que a universidade oferece. Ao estabelecer uma rotina e entender como superar os problemas que podem surgir nesse período, você otimiza os estudos e abre novas possibilidades acadêmicas.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Então, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e ajude os seus amigos a também superarem os desafios da vida universitária!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário