Outros

VEJA COMO PLANEJAR OS ESTUDOS DURANTE O ANO

março 30, 2022

Passar no vestibular, conquistar uma boa nota no Enem ou garantir que a rotina em sala de aula seja produtiva durante todo o ano pode não ser nada fácil. Por isso, é preciso descobrir como se planejar nos estudos para driblar os desafios.

Porém, diante de tantas opções disponíveis, de técnicas e ferramentas de planejamento, como escolher uma que realmente funcione para você? É possível que um colega faça cursinho de pré-vestibular, que o vizinho estude sozinho ou que seu melhor amigo estude em grupo e por aí vai. 

Foi pensando nessa dificuldade inicial que a gente criou um roteiro simples e eficaz para ajudar nesse processo, que vai desde a tomada de decisão até a execução do que foi preestabelecido.

O ano já começou e agora é hora de agir. Mas, antes, vamos planejar? Continue a leitura!

Primeiros passos para planejar os estudos

Tudo começa com o planejamento. Para isso, é preciso ter em mente algumas informações necessárias para que não seja apenas uma mera anotação. Afinal, o objetivo é que sirva como um guia, um passo a passo simples de ser executado. Dito isso, vamos aos itens principais do nosso roteiro.

Defina seus objetivos

Qual o objetivo principal a ser realizado durante o ano? É com essa ideia que vamos começar nosso planejamento. Por exemplo, você almeja aprender mais sobre química orgânica e ter um melhor desempenho do que nos anos anteriores? 

Defina o passo a passo para fazer isso acontecer e como isso irá te beneficiar. Isto é, o tema citado é frequente em provas do Enem? Então, aprender mais sobre ele pode ajudar a elevar sua pontuação no Exame e até nas provas escolares. Consequentemente, isso também eleva as chances de ingresso em cursos que têm um maior peso para a área de Ciências da Natureza.

Vale ressaltar ainda, a importância de definirmos o objetivo principal, para que o planejamento seja facilmente realizável. Não queremos dizer que, objetivos diversos não devem existir, porém, é preciso apenas tomar cuidado para não misturar finalidades diferentes dentro de uma mesma área de estudo.

Estabeleça metas

Estabelecer pequenas metas é fundamental para o sucesso do seu planejamento e produtividade. Nossa mente precisa ter foco em resultados e, quando alcançamos uma meta, ainda que pequena, são ativados os circuitos de recompensa do nosso cérebro.

E por que isso funciona? Porque cada nova ativação referente a um mesmo tipo de meta alcançada faz com que nosso cérebro queira fazer mais do mesmo, o que ajuda muito a manter a disciplina necessária para alcançar o objetivo principal.

Nesse sentido, que tal estabelecer uma meta diária de estudar X páginas por dia, por exemplo? Ou ainda, acompanhar videoaulas relacionadas a um tema específico? Metas bem definidas, ajudam seu cérebro a ter uma maior clareza do que foi ou deixou de ser cumprido. 

Comece com as matérias de maior dificuldade

Você já sabe aonde quer chegar e o que fazer para alcançar seu destino. Agora você vai mapear as matérias nas quais você tem mais facilidade e as que você tem mais dificuldade. Assim, poderá dar mais atenção ao que vai exigir maior foco e concentração. 

Acredite! Negligenciar essas matérias pode ser um problema. Foco nelas! Então, você ama escrever redações e costuma ter um bom desempenho nelas? Parabéns! Agora é o momento de reduzir o foco nisso e direcioná-lo para o estudo de matérias que você tenha mais dificuldade na aprendizagem.

Montando um plano de estudos

A primeira parte do seu planejamento, que envolve o que é necessário para fazer durante o ano, já foi feita. Agora, chegou o momento de distribuir essas metas de acordo com o tempo que você tem disponível para elas. Vamos lá?

Liste os assuntos que precisa estudar

Sabendo quais são as matérias que você domina e as que precisam de um reforço, se faz necessário listar todos os assuntos referentes a cada uma delas.

Para isso, você pode se informar sobre o vestibular da faculdade desejada ou até mesmo pedir uma orientação em sua escola. O importante é não pular essa etapa e respeitar os tópicos de estudo.

Distribua seu tempo durante a semana

Feito isso, você deve distribuir as matérias de estudo nos dias disponíveis em sua agenda. Depois, em cada uma delas, deverá incluir os assuntos selecionados, mais ou menos assim:

2 de março

De 8h às 10h – Biologia – Citologia

De 11h às 13h – História – Grécia Antiga

Repita esse processo todos os dias para estudar, com todas as matérias e todos os assuntos de cada uma delas. Sim, é preciso disciplina e uma rotina de estudos bem estabelecida para funcionar. Seu futuro agradece!

Estabeleça métricas de avaliação do seu desempenho

Métricas são estatísticas gerais e avaliações de desempenho relacionadas a um projeto específico. Nesse caso, seu estudo. E como fazer isso na prática?

Uma das formas de analisar se seus estudos estão surtindo efeito, se faz, realizando avaliações de cada matéria e até mesmo simulados que estejam de acordo com seu objetivo.

Outra forma, que não tem a ver diretamente com conhecimento, mas que é tão importante quanto, é analisar se seu cronograma está sendo cumprido e até mesmo se há necessidade de alterações de alguma matéria, assunto ou horário.

A fim de facilitar todo esse processo de planejamento e execução, pode-se utilizar diversas ferramentas, como a técnica Pomodoro, por exemplo, que divide o tempo em blocos de 25 minutos, alternando entre as tarefas que você mais gosta daquelas menos prazerosas.

Ou ainda, se organizar com base nos estudos sobre a curva de esquecimento que comprova que, a capacidade de armazenamento de informações recém-adquiridas pelo nosso cérebro pode declinar com o passar do tempo.

Nesse caso, a ideia é investir em revisões periódicas para que essa capacidade possa chegar a sua totalidade. O mais importante é entender o que funciona para você e como essas ferramentas podem ser incorporadas e adaptadas à sua realidade.

Agora, vamos relembrar o passo a passo do nosso roteiro de estudos?

  • defina o objetivo principal de estudo;
  • crie pequenas metas que, juntas, levem ao objetivo desejado;
  • foque nas matérias em que você tem mais dificuldade;
  • liste os assuntos que você precisa estudar para cada matéria;
  • distribua seu tempo de forma realista durante a semana;
  • estabeleça métricas para avaliar seu desempenho; e,
  • tenha disciplina.

Pronto! Seguindo essas dicas e adaptando-as quando necessário, você já consegue criar um bom roteiro para nortear seus estudos durante todo o ano, sempre com foco em seu objetivo principal. Não se esqueça disso!

Evite distrações

Enquanto lia esse conteúdo, quantas vezes parou para olhar o celular, olhou pela janela ou se distraiu de qualquer outra forma? É preciso reconhecer que as pessoas têm cada vez mais dificuldade em manter o foco, o que dificulta o planejamento dos estudos.

Então, evite que as distrações atrapalhem a sua rotina! Mantenha-se longe do celular, saia de perto da TV ou do videogame, e avise aos familiares e amigos que você está indisponível no momento, etc. 

Afinal, quem quer ter um bom desempenho nos estudos precisa focar, certo? Ao fazer isso fica mais fácil perceber o tempo que sobra para o lazer. Duvida? Faça o teste!

Faça pausas

Você não é uma máquina e nem adianta tentar. Se ainda assim insistir, é mais fácil desenvolver problemas de saúde do que um melhor desempenho nos estudos. Assim, faça pausas para que o corpo e a mente descansem. 

Como espera que um organismo cansado consiga assimilar novas informações? É natural que ele precise de um intervalo para recuperar as energias. Então, faça isso e perceba que ao retornar, o seu desempenho será melhor.

Cuide do corpo

Você já percebeu que um corpo adoecido tem mais dificuldade para manter o foco nos estudos. Isso é válido, tanto para quem exagera na intensidade e no ritmo de estudos, quanto para quem negligencia o cuidado com ele.

Isso pode ocorrer com a escolha de alguns alimentos, como pizza, bolo, chocolate, etc. Você deve achar que é muito jovem para ter problemas com isso, certo? Tais alimentos, embora sejam prazerosos, precisam de controle. 

Assim, separe alguns dias ou ocasiões específicas para comer um ou outro alimento mais gorduroso. E ainda, não deixe de beber bastante água e praticar atividades físicas. Tudo isso deixa o cérebro mais afiado para absorver novas informações, memorizar as antigas e muito mais. 

Dica extra

Reserve um tempo para o lazer, com momentos de descontração em família e com amigos. Isso também é importante para que os bons resultados sejam alcançados com sucesso.

De nada adianta esgotar sua mente e seu corpo com horas a fio de estudo e não cuidar dessa parte tão importante, que envolve a diversão (teatro, cinema, parques, etc.) quanto o descanso (momentos de sono, por exemplo).

Agora sim! Você já sabe o que precisa ser feito e como fazer. Teve até dica extra no final do post. Assim, ficou mais fácil descobrir como planejar os estudos, não é mesmo? Mas claro que também é importante escolher o curso e a faculdade adequados aos seus interesses. Então, pense nos seus objetivos, no que gosta de fazer e escolha o que mais se encaixa com o seu perfil.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe o conteúdo em suas redes sociais e garanta que seus colegas e demais pessoas fiquem por dentro do assunto!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.