Dicas sobre carreira

5 dicas imperdíveis sobre como conciliar trabalho e faculdade

fevereiro 7, 2020
como conciliar trabalho e faculdade
Tempo de leitura 5 min

Saber como conciliar trabalho e faculdade é o desejo de muitos estudantes que estão investindo na formação superior, mas, ao mesmo tempo, querem — ou precisam —continuar trabalhando. Aliás, em alguns casos, estudar e trabalhar na mesma área ajuda a garantir uma melhor preparação para o futuro profissional.

Entretanto, é preciso estar atento a alguns pontos e manter uma rotina organizada para dar conta de todas as atividades, incluindo tempo de lazer e descanso. Se conciliar trabalho e estudo é seu objetivo, um bom planejamento não pode faltar.

Por isso, separamos 5 dicas que você pode seguir para melhorar seu rendimento na faculdade e ser bem-sucedido no trabalho ao mesmo tempo!

1. Faça um planejamento da rotina

Como ressaltamos, planejamento é fundamental para se organizar e determinar o tempo a ser dedicado a cada tarefa em sua rotina. Sem ele, a produtividade nos estudos pode cair, o desempenho no trabalho pode fracassar — e o pior de tudo: você pode sofrer um esgotamento físico e mental.

Mas não se preocupe: existem aplicativos que podem ajudar a organizar a rotina de estudos. Eles dão suporte na seleção de matérias e revisão de conteúdos, como o Pocket, e na organização do tempo destinado a cada atividade, como o Pomodoro Timer Lite.

Se não está acostumado a planejar a rotina, experimente começar definindo as atividades das semanas e, depois, as diárias. Assim, as tarefas são cumpridas sem estresse e dentro da sua previsão. Não se esqueça de incluir tempo para as atividades extracurriculares e os necessários momentos de descanso.

2. Tenha uma agenda

como conciliar trabalho e faculdade

Uma medida para não sobrecarregar a memória, correndo o risco de se esquecer de uma palestra importante ou perder um prazo de entrega de trabalho, por exemplo, é o uso de uma agenda.

A versão impressa é a mais indicada para quem está começando a se organizar, pois fica sempre à mão e é fácil visualizar os compromissos agendados. Contudo, você pode optar também por uma agenda eletrônica online, como a do Google ou a da Microsoft (que se integram ao e-mail), ou de outras plataformas. Cada uma atende a um perfil — é só escolher a que mais se adapta ao seu.

Lembre-se, no entanto, de que planejamento é hábito! Então, anote todos os compromissos e horários, as metas a serem cumpridas e não se martirize se, no começo, acontecerem alguns tropeços. Com o tempo, você aprenderá a manter a rotina e alterá-la em caso de imprevistos.

3. Defina prioridades

Até concluir o ensino médio, nossa meta era passar no vestibular, certo? Depois, quando já estamos na faculdade, é preciso definir novos objetivos e as metas necessárias para alcançá-los. Caso contrário, corremos o risco de estudar e trabalhar sem, no entanto, ter um propósito estabelecido.

Powered by Rock Convert

Por isso, ao iniciar a graduação, comece a pensar em suas novas prioridades. Mantenha-se aberto a novas experiências, pesquise sobre os campos que estão em alta e avalie as chances de crescer profissionalmente. Se você quer, por exemplo, se especializar em determinada área, procure um estágio que tenha a ver com a pós-graduação desejada. Ele pode ser sua porta de entrada no mercado de trabalho.

Se seu plano inclui um intercâmbio, se empenhe nisso! Há diversas modalidades, como intercâmbio de trabalho, voluntário e cultural. Pesquise e se planeje em relação ao tempo de duração da experiência e aos custos envolvidos.

Definir metas e prioridades é essencial para alcançar o sucesso, você já sabe. Mas como fazer isso?

Entendeu como é preciso pensar no futuro para estruturar suas ações no presente?

4. Seja paciente consigo mesmo

É bastante comum que os estudantes queiram dar o máximo de sua capacidade e mostrar aos professores, logo no início do curso, todo o seu potencial. Essa é uma atitude louvável, mas nada de ficar frustrado e desistir se essa estratégia não der certo.

Existem alunos que tiveram ótimo desempenho em uma disciplina no ensino médio, mas, quando chegam à graduação, não mantêm o nível de excelência. Isso ocorre em função da maior complexidade exigida nos cursos superiores, da mudança de postura, da adaptação ao curso, entre outros fatores. Por isso, seja paciente com você mesmo e dê tempo para se adaptar à nova realidade.

5. Não se esqueça da saúde

Por fim, a dica mais importante: não deixe de lado os cuidados com a saúde! De nada adianta manter as notas altas na faculdade se o preço disso for um desgaste do corpo e da mente maior do que o necessário. Manter-se saudável inclui alimentação regular e balanceada, prática de atividades físicas e relaxamento em momentos de lazer com os amigos e a família — ou mesmo sozinho, lendo um livro ou assistindo a um filme, por exemplo.

Às vezes, pensamos que “pular” uma refeição permitirá ter mais tempo para finalizar um trabalho atrasado da faculdade ou mesmo colocar em dia as tarefas pendentes no trabalho. Também é comum estudar madrugada adentro às vésperas de uma prova importante, achando que, dessa forma, estamos ganhando tempo.

Não se iluda com esse precário gerenciamento de tempo! Com o passar dos anos, o corpo cobra essa dívida. Por isso, cuidar da sua saúde e ter disciplina para manter a rotina são os primeiros passos para ter energia e disposição na hora de conciliar trabalho e faculdade.

Dica bônus

Nada como uma boa conversa para acalmar a ansiedade. Por isso, nossa dica bônus é: converse com quem já passou pela experiência de conciliar trabalho e faculdade e sobreviveu a essa fase. Familiares, colegas e até professores podem ter muito a compartilhar sobre a rotina de quem trabalha e estuda e podem fornecer ótimas dicas.

Esperamos que este artigo tenha sido inspirador para que você comece hoje mesmo a planejar suas tarefas e, dessa forma, obtenha sucesso. Afinal, a vida profissional estará esperando por você assim que essa fase chegar ao fim.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário