Educação em Saúde

Carreira de Enfermagem: veja um panorama sobre o curso

dezembro 28, 2018
Tempo de leitura 6 min

Você que está estudando para o vestibular, já pensou em seguir a carreira de Enfermagem? Ela proporciona distintas áreas de atuação para desenvolvimento na profissão. Além disso, é o curso da área da saúde com mais interdisciplinaridade, pois o enfermeiro é necessário em todas as equipes médicas e de promoção a bem-estar e qualidade de vida dos pacientes.

Acompanhe nosso post e descubra mais sobre o curso, o mercado de trabalho e o desenvolvimento da carreira de Enfermagem!

O que é estudado no curso de Enfermagem?

O curso de Enfermagem dura, em média, 5 anos e prepara o aluno com aulas teóricas e práticas. O principal objetivo do curso é formar Enfermeiros bacharéis capazes de influenciar na construção de novos paradigmas de saúde, por meio de um corpo de conhecimentos próprios, sedimentados em um pensar integral do cuidado humano.

Com o intuito de atuar nas áreas de promoção, proteção e recuperação da saúde dos indivíduos, famílias e comunidades, compromissado com o contínuo desenvolvimento pessoal e social, na busca constante da melhoria do status de saúde da população.

Os estudos contemplam os conteúdos relativos à Ciências Sociais, Biológicas e Metodológicas como: Morfológicas, Fisiologia, Bioquímica, Farmacologia, Patologia, Microbiologia, Sociologia, Filosofia e Metodologia Científica.

A matriz curricular de Enfermagem oferece atividades em laboratórios, em clínicas e unidades hospitalares, visando solidificar o conhecimento teórico ao praticar as atividades em saúde, sempre com supervisão de docentes.

O curso de Enfermagem da Faculdade da Polícia Militar aplica a Aprendizagem Baseada em Problemas, método que ensina o aluno a desenvolver a autossuficiência intelectual, mostrando por meio de problemas reais ou fictícios técnicas de resolução e condução de situações críticas.

Qual o perfil de quem quer seguir carreira de Enfermagem?

A principal atividade de trabalho do profissional de Enfermagem é o cuidado ao próximo. Mesmo para os casos de quem deseja trabalhar com gestão de equipes hospitalares, ainda existe a responsabilidade com cuidados e atendimento aos casos mais delicados.

Dessa forma, é necessária a formação crítica e reflexiva do Enfermeiro com competência técnico-científico-ético-político-social-educativa, capaz de:

  • atuar profissionalmente nas diversas fases evolutivas do ser humano;
  • incorporar a ciência do cuidar em enfermagem como instrumento de interpretação e de intervenção profissional;
  • estabelecer novas relações com o contexto social, reconhecendo a estrutura e as formas de organização social, suas transformações e expressões;
  • compreender a política de saúde no contexto das políticas públicas, reconhecendo os perfis epidemiológicos das populações e as transformações que ocorrem no processo saúde doença;
  • reconhecer-se como sujeito no processo de formação de recursos humanos;
  • dar respostas às especificidades regionais de saúde através de intervenções planejadas estrategicamente;
  • comprometer-se com os projetos voltados à solução de problemas;
  • sentir-se membro da equipe profissional;
  • reconhecer-se responsável pela coordenação do trabalho da equipe de enfermagem;
  • identificar fontes, buscar e produzir conhecimentos para o desenvolvimento da prática profissional;
  • buscar sua constante capacitação e atualização.

Como é o mercado de trabalho para Enfermagem?

A carreira de Enfermagem é a que mais proporciona oportunidades aos trabalhadores da área da saúde, pois esse profissional é fundamental no desenvolvimento correto de qualquer prática e estratégia para promover o bem-estar e a qualidade de vida da população humana.

Sendo assim, a atuação pode ocorrer em diferentes cenários de práticas, tais como postos de saúde, clínicas de estética, hospitais universitários, maternidades e unidades de emergência, empresas, creches, ambulatórios gerais e especializados. Além desses, equipes de resgate, de cirurgia e de atendimento domiciliar também necessitam de enfermeiros.

Vestibular Faculdade PMPowered by Rock Convert

De forma geral, o profissional de Enfermagem é quem presta o primeiros socorros ao enfermo, realizando curativos, coletas de material biológico para exames e administração de medicamentos.

Após o atendimento médico, quem finaliza a prestação do socorro também é o enfermeiro, orientando o paciente quanto ao tratamento indicado e orientações de prevenção, assim como indicações complementares de cuidados à saúde.

Áreas de atuação

De acordo com o Conselho Federal de Enfermagem, (COFEN-2018), existem 44 especializações para a carreira de Enfermagem, distribuídas em 3 áreas de atuação. Abaixo destacamos as principais, de acordo com suas respectivas áreas de trabalho.

Área I

Saúde coletiva; Saúde da Criança e do Adolescente; Saúde do Adulto — Saúde do Homem, Mulher e Idoso — Urgências e Emergências:

  • Enfermagem Aeroespacial;
  • Enfermagem Aquaviária;
  • Enfermagem em acesso vascular e terapia infusional;
  • Assistência de Enfermagem em Anestesiologia;
  • Enfermagem em assistência domiciliária;
  • Enfermagem em captação, doação e transplante de órgãos e tecidos;
  • Enfermagem em centro cirúrgico;
  • Enfermagem em cuidados paliativos;
  • Enfermagem em diagnóstico por imagens.
  • Homecare.

Área II

Gestão:

  • Direito sanitário;
  • Economia da saúde – Gestão de Projetos de Investimento;
  • Enfermagem em auditoria;
  • Administração hospitalar;
  • Administração dos resíduos de serviços da saúde;
  • Enfermagem em Informática da saúde;
  • Políticas públicas.

Área III

Ensino e Pesquisa:

  • Bioética;
  • Docência do Ensino Superior;
  • Projetos assistenciais de Enfermagem;
  • Educação permanente e continuada da saúde;
  • Enfermagem em pesquisa clínica;
  • Ética da Enfermagem.

Outras especializações não tão comuns incluem:

  • Gestão em hotelaria hospitalar;
  • Metodologia para pesquisas científicas.

O que fazer para crescer na carreira de Enfermagem?

Para quem deseja empreender na área da saúde ou, até mesmo, aprimorar as habilidades desenvolvidas na graduação de Enfermagem, é preciso ter disciplina nos estudos. Isso porque as opções de cursos de extensão e especialização são muitas, além de exigir um aprendizado dinâmico por parte do aluno.

Os estudos de Enfermagem são interdisciplinares, pois o enfermeiro é essencial para a composição de todas as equipes que trabalham com saúde e bem-estar dos pacientes. Logo, esse profissional terá contado com diferentes médicos, especialistas e profissionais técnicos.

Muitos enfermeiros trabalham no setor público, outros tantos no setor privado e há aqueles que são autônomos, atuando em diferentes áreas da saúde, mas sem vínculo empregatício estabelecido. Independentemente da sua escolha, alguns pontos são essenciais para crescer na carreira de Enfermagem, veja:

  • procure ensino de qualidade desde a etapa da sua graduação até os cursos de extensão e especialização;
  • pense em iniciar uma pós-graduação ou mestrado na área de interesse;
  • trace objetivos claros e realistas para serem perseguidos e alcançados com êxito;
  • desenvolva a comunicação e a inteligência social para ser um profissional mais humano e acessível;
  • o enfermeiro, além de cuidar do paciente, também é um líder, então desenvolva-se nesse sentido e esteja preparado para assumir cargos de liderança e chefia de equipes;
  • desenvolva técnicas para facilitar o trabalho em equipe;
  • trabalhe sempre a empatia e suas emoções, pois são de extrema importância para o bom desempenho da profissão.

A carreira de Enfermagem é a mais ampla da área da saúde, permitindo ao profissional escolher sua especialização dentre 44 opções distribuídas na área de saúde, gestão, pesquisa e ensino. É importante salientar que a profissão exige determinadas qualidades que devem ser desenvolvidas pelo aluno do curso, como proatividade, empatia e responsabilidade pela saúde do paciente.

Entre em contato com a FPM agora mesmo e saiba como fazer o curso de Enfermagem!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário