Educação em Saúde

6 fatores a serem observados ao escolher uma faculdade

março 18, 2019
Tempo de leitura 7 min

A vida de universitário é cheia de desafios e o primeiro deles começa na hora de escolher uma faculdade. São vários detalhes a se pensar, como o tipo de curso, a matriz curricular e a localização do prédio. O pior é que, mesmo olhando tudo o que você encontra na internet, continua com aquela dúvida inicial, sem conseguir decidir onde estudar no ensino superior.

Para facilitar esse momento e guiar você no caminho da Instituição de Ensino Superior (IES) para seu perfil profissional, desenvolvemos este artigo com as melhores dicas. Quer escolher bem sua faculdade? Então, não saia daí e continue lendo nosso post.

1. Qualidade de ensino

A qualidade de ensino do Brasil é medida por alguns indicadores que o Inep — Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira — determina em parceria com o MEC — Ministério da Educação e Cultura. Algumas das medidas mais comuns são:

  • IGC: o Índice Geral de Cursos avalia as faculdades, baseando sua nota em alguns aspectos, como o CPC;
  • CPC: o Conceito Preliminar de Curso se baseia nas notas do Enade, oferta de infraestrutura e valor agregado no processo de formação. Esse valor determina a qualidade do curso;
  • Enade: a sigla significa Exame Nacional de Desempenho de Estudantes e é uma prova aplicada para todos os estudantes de ensino superior que estão em fase final de graduação. O Enade demonstra se a faculdade ensina tudo o que está previsto nas diretrizes curriculares nacionais para os diferentes cursos.

Esses são os conceitos específicos para o ensino superior e devem ser acompanhados anualmente por quem quer escolher uma boa faculdade. Estamos no início de 2019 e, por isso, ainda, não temos a divulgação dessa qualidade em referência a 2018. Porém, os índices Enade 2017 já estão disponíveis.

Caso você não encontre a IES escolhida ou ela esteja classificada como sem conceito, não se preocupe, pois a classificação é para cursos com pelo menos dois concluintes. Então, se a faculdade está sem conceito, significa que no período avaliado não havia estudantes concluindo o curso e, nos próximos anos, com certeza ela será avaliada.

A filosofia e as metodologias de ensino também devem ser avaliadas. Modelos de educação como a Aprendizagem Baseada em Problemas são ótimas para ensinar alunos da educação superior, pois elas educam na prática aliando conhecimento teórico. Além disso, o estudante precisa estar preparado para todas as possibilidades de carreira, inclusive a subordinação de cargo.

Nesse sentido, uma faculdade que pensa nas normas de conduta para aprendizagem tem diferencial perante as outras, pois ela irá preparar seu aluno para entender bem a hierarquia de trabalho, respeitar as lideranças e capacitar-se para ocupar um cargo bem posicionado.

2. Formatos de graduação

Antes de escolher uma faculdade, é preciso ver se ela tem o curso e a modalidade que você deseja. A saber, existem as modalidades de licenciatura, bacharelado e tecnólogo. Cada uma delas é voltada para uma formação específica de carreira. A licenciatura, por exemplo, é indicada para a formação de capacitores e multiplicadores de conhecimento, como os professores.

Além disso, é preciso observar os horários de oferta dos cursos de graduação e o encaixe deles em suas necessidades. Pense se durante os anos de estudo você fará algum trabalho — seja voluntário, seja estágio — e se participará de cursos extras, como línguas e de extensão. Todas essas questões devem ser colocadas em prova agora, na escolha da faculdade.

Pense também nos cursos presenciais e a distância . Além de cada modalidade ter sua própria nota de avaliação, elas também determinam como serão os próximos anos de estudo. Você tem disponibilidade de ir todos os dias para a aula? Consegue estudar em casa sozinho e somente com apoio de leitura?

Perguntas como essas podem ajudar a entender qual a melhor opção para você, presencial ou a distância.

3. Infraestrutura oferecida

A infraestrutura da faculdade escolhida é um ponto importantíssimo. A unidade precisa ter um nível mínimo de suporte para os alunos, como oferta de banheiros, bebedouros, ventiladores ou ares-condicionados, local adequado para o intervalo e oferta de refeição — cantina ou refeitórios. E essas são apenas as infraestruturas básicas para um local que comporta centenas de pessoas.

Se pensarmos no que é preciso para proporcionar aprendizado, as faculdades devem oferecer amplo acesso a:

  • bibliotecas com um bom acervo de livros ligados à matriz curricular dos cursos oferecidos;
  • implementação de tecnologias que auxiliem nos estudos, como computadores com internet e projetores de vídeo;
  • área destinada a grupos de estudos;
  • auditórios amplos, com boa estrutura e capacidade;
  • laboratórios funcionais, acessíveis e com segurança;
  • salas de aula bem iluminadas e com equipamentos em bom estado.

Apesar de o MEC e o Inep já avaliarem questões assim, é preciso que você mesmo verifique se a faculdade escolhida cai bem no seu conceito.

4. Localização do campus

Onde o campus da universidade está localizado é outro ponto importante para se pensar. Isso porque você precisará fazer esse trajeto durante muito tempo. Então, ele deve ser de fácil acesso para você, oferecer segurança e uma estrutura mínima de locomoção. Veja alguns aspectos nesse sentido:

  • verifique o tempo de trajeto até a faculdade. Leve em consideração seu ponto de partida, casa ou trabalho;
  • observe quais linhas de ônibus passam por perto, vendo horários e possíveis integrações com outros transportes;
  • pense se as viagens entre faculdade e casa impactarão em sua rotina de estudos;
  • observe a vizinhança da faculdade, que também impacta na escolha. Ela deve oferecer uma estrutura de segurança e bons acessos;
  • veja se há como estacionar seu veículo, qual o custo disso e se há alternativas.

Ao visitar o campus, você também terá oportunidade de conhecer toda a unidade e sua infraestrutura. Aproveite para perceber como você é tratado por lá.

5. Tratamento dos alunos

Os alunos antigos e atuais da faculdade são um ótimo termômetro para ajudar nessa escolha. Se você não conhece pessoalmente alguém que estudou na instituição que está pesquisando, veja informações disponíveis na internet. É muito comum que, em redes sociais ou sites, como o Reclame AQUI!, as pessoas compartilhem suas experiências com as empresas.

Antes de ser uma Instituição de Ensino, as faculdades também são empresas que têm como clientes os alunos. Elas devem respeitar uma série de direitos e cumprir outros tantos deveres. Portanto, ter ética na educação superior nem sempre é uma questão de qualidade mensurada pelo MEC.

Às vezes, é uma simples questão de tratar bem seu aluno e resolver de maneira ágil seus problemas.

6. Programas e projetos praticados

Outro ponto para ser avaliado antes de escolher uma faculdade são os programas e projetos que ela desenvolve. Os programas são atividades permanentes no calendário acadêmico e podem variar o propósito, mas geralmente servem para agregar conhecimento técnico e prático aos alunos. Já os projetos, muitas vezes, são de integração da universidade e aluno com a comunidade ao redor.

Independentemente do formato, são atividades da faculdade que seguem algumas normas internas e são guiadas por docentes e coordenadores. Veja alguns exemplos do que procurar na faculdade de sua escolha:

  • programas de estágio;
  • programas de integração alunos-empresas;
  •  programas de extensão;
  • programas de monitoria;
  • programas de pesquisa e iniciação científica;
  • feiras de profissões;
  • projetos sociais associados a atividades complementares;
  • projetos sociais com créditos de matérias;
  • atividades em grupo com alunos do curso e comunidade.

Escolher uma faculdade pode não ser nada fácil, mas existem boas formas de decidir sem se arrepender depois. Antes de separar os documentos exigidos na matrícula da faculdade, pense em passar no site do MEC, ou Inep, ou conversar com alunos antigos e atuais da IES.

A maneira como eles se sentem e sentiram-se estudando lá pode ser algo com que você se identifique ou não. Ao escolher uma faculdade, você passará os próximos anos estudando ali, então pergunte-se: quero me sentir assim?

Quer conhecer uma faculdade de sucesso e que capacita os alunos para serem cidadãos qualificados e ativos, capazes de transformar a sociedade? Então, você precisa conversar com a Faculdade PM. Entre em contato conosco agora mesmo e decida seu futuro!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário